A sessão desta quarta-feira, 4, na Assembleia Legislativa, teve mais que bate boca. Deputados chegaram pertinho das vias de fato. Um dos protagonistas, o deputado Daniel Zen, do PT, o mesmo que ajudou seu partido a detonar o Acre nos últimos 20 anos. Era calado, consentia tudo dos governos anteriores e agora resolveu ser “fiscal”, ser deputado de verdade. É valente como um siri dentro de uma lata. É contra tudo o que o govenro Gladson Cameli (Progressistas) faz. Uma diferença e tanto do que era no governo PT.
Na sessão de ontem ele deu chilique, bateu na mesa e queria brigar. Anda sentido com a rejeição das urnas.