A prefeita de Rio Branco, Socorro Neri (PSB), disse agora há pouco ao Blog do Evandro Cordeiro que não fala esse, sob nenhum hipótese, sobre as eleições do ano que vem. “Por favor”, pediu ela, educadamente. É que eu fui perguntar se ela sentiu algum interesse em supostos assédios de partidos como o PSD, do senador Petecão, e até do Progressistas, do governador Gladson Cameli. Ela disse que não falará nisso até que 2019 termine. “Só falo ano que vem, amigo”, pragmatizou. Insisti na existência dos assédios, também. Ela não negou, mas não confirmou.