Na foto antiga, Emanuel presenteia o “imortal” Garibaldi Brasil com uma charge. Dois gênios

O chargista Emanuel Cândido do Amaral, sucesso no Acre nos anos 1980 e 1990, nos jornais Folha do Acre e a A Gazeta, morreu em Natal, Rio Grande do Norte, onde nasceu e viveu nos últimos 20 anos. Emanuel era conhecido pelo traço forte e pelo humor apurado. Lecionou curso de caricatura no Senac e enchia o saco de governos daquela época com sua verve crítica. Este blogueiro, Alexandre Lima, Enilson Amorim e Daniel Cabral são alguns dos alunos do Emanuel. Ele deixou muitos amigos no Acre, onde foi parceiro de Garibaldi Brasil e Zé Leite, que também era chargistas. Emanuel teria morrido de câncer na madrugada desta quarta-feira, 18.