A noite de Natal desta terça-feira (24), que será de alegria e confraternização para a imensa população do mundo inteiro, em Sena Madureira, município do interior do Acre distante 144 quilômetros da Capital Rio Branco, será de pesadelo e desolação para boa parte da população formada por funcionários públicos, comerciantes, prestadores de serviços e outros dependentes de pagamentos da Prefeitura local. Isso porque o prefeito da cidade, o boquirroto Mazinho Serafim (MDB), simplesmente não pagou o 13º, a folha de dezembro está anunciada apenas para o dia 8 de janeiro de 2020 e as outras dívidas, sabe Deus quando.

“O fato é que este homem conseguiu proporcionar o Natal do pior dos mundos para a população de Sena Madureira”, disse, se referindo ao prefeito, o radialista Dislei Oliveira, conhecido como Sorriso Show, da Rádio Dimensão FM 104,9, para a qual boa parte da população vem ligando em busca de informações sobre os pagamentos ou para desabafar contra Mazinho Serafim. O prefeito é candidato à reeleição e, além de declarar nos quatro cantos do município que seria capaz de ganhar às eleições sobre qualquer adversário, vinha se candidatando a obter o título de um dos melhores prefeitos do Estado.

Não é isso, no entanto, o que dizem os servidores públicos e quem depende de algumas obras realizadas ou não pela Prefeitura. Nos últimos dias, a imprensa, incluindo a Capital, tem sido robustamente abastecida de vídeos com denúncias sobre a má qualidade de obras ou de obras que chegaram a ser anunciadas pelo prefeito Mazinho Serafim como realizadas e que deixaram de ser feitas. Um desses exemplos foi uma ponte na rua Siqueira Campos, que entregue pela Prefeitura faz menos de uma semana, apresenta atoleiro em suas cabeceiras além de outros problemas.

Aliás, não é só a população que reclama da administração de Mazinho Serafim, principalmente após o anúncio do atraso nos pagamentos de fim de ano. A classe política, entre aliados e quem faz oposição ao prefeito, também se surpreendeu com os problemas da administração porque o prefeito vive se gabando de que é um bom administrador porque, como empresário, vem da iniciativa privada.

“Para mim, ele já provou que é um péssimo administrador. Os problemas de atraso no pagamento estão ocorrendo, o que é lamentável sob todos os aspectos, porque certamente faltou planejamento à Prefeitura para sanar suas contas”, disse o deputado estadual Gerlen Diniz (Progressistas), líder do Governo na Assembleia Legislativa e adversário do prefeito em Sena Madureira. “Bom administrador age como agiu o governador Gladson Cameli, que conseguiu pagar, em dezembro, como já pagou duas folhas de pagamento ao mesmo tempo, além do 13º atrasado da administração anterior. Quem planeja, faz como o governador, que em julho deste ano já pagou metade do 13º”, acrescentou.

Para o deputado, o Natal de Sena Madureira será um dos mais tristes porque o não-pagamento do 13° Salário acarreta prejuízos ao comércio, ao setor de serviço e altera até mesmo a tradição das famílias. “O que eu mais lamento é que esta noite, em Sena Madureira, por culpa e pela boçalidade do senhor Mazinho Serafim, muitas crianças da cidade em que eu nasci, vão dormir com fome na noite de Natal”, disse Gerlen Diniz.

Procurado pela reportagem, o prefeito mandou avisar, através de assessores, que não fala para o site ContilNet e anunciou, através de vídeos postado em suas redes sociais, que está processando a empresa por notícias a respeito das denúncias da população em relação à má qualidade das obras ou por falta delas. Mas isso não muda o fato de que Sena Madureira deverá viver um de seus mais tristes finais de ano.