O deputado federal Flaviano Melo, presidente do MDB no Acre, está chocado com a morte do ex-senador Aluízio Bezerra, ocorrida na tarde desta quarta-feira, 25, em Brasília, de complicações de um AVC que sofreu há mais de dez anos. Enquanto militou na política, Bezerra não deixou o MDB, partido pelo qual foi deputado federal, senador e prefeito de Cruzeiro do Sul, onde nasceu. “Ele foi um grande companheiro de partido, um valente pela redemocratização do Pais. Ajudou a eleger o Nabor governador, depois ajudou a me eleger governador e foi senador constituinte, quando criou a lei dos Soldados da Borracha. Vai deixar uma lacuna. Uma grande saudade”, disse Flaviano ao Blog do Evandro Cordeiro.