O governador do Acre, Gladson Cameli (Progressistas), lamentou a morte do ex-senador Aluízio Bezerra, ocorrida nesta quarta-feira, 25, em Brasília, depois de sofrer 15 anos as complicações de um AVC. Cameli disse ao Blog do Evandro Cordeiro que era muito garoto quando Aluízio estava ativo na política, conhecendo um pouco dele apenas quando foi prefeito de Cruzeiro do Sul em 1996. “Me lembro que ele era muito articulado em Brasília. Arrancava muito recurso de lá para trazer para nosso município. Só sei que ele deu sua contribuição muito grande para o Acre. Eu sinto muito e peço a Deus que receba a alma dele. Ele foi muito amigo do meu avô (Resende Lima), que foi deputado estadual. O Juruá e o Acre perde um homem que deixou uma história”, condolenceu-se Cameli.