O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), recebeu nesta sexta-feira, 10, pelo menos nove mil doses da vacina pentavalente, conhecida por esse nome por imunizar as pessoas contra cinco doenças: difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e a influenza tipo B, que causa gripe.

A informação é do Núcleo Estadual de Imunização e Rede de Frio, da Sesacre, que começa a redistribuição das doses que chegaram do Ministério da Saúde (MS) na segunda-feira, 13, a todos os 22 municípios acreanos.

O desabastecimento era nacional, segundo Renata Quiles, chefe do Núcleo. “E já a partir de segunda-feira, vamos começar o envio (das vacinas) aos municípios”, garantiu a responsável pelo setor.

O desabastecimento nacional havia acontecido porque o governo federal entendeu que o laboratório, que até então fornecia as doses, já não atendia aos critérios de qualidade.

Desse modo, ele foi substituído por de outra fabricante, que por sua vez, embora estivesse dentro dos padrões exigidos pela Agência Nacional de Vigilância em Saúde, não estava preparado para atender a toda a demanda nacional da vacina.

“Ela vinha sendo importada aos poucos, pois aguardava liberação. A previsão é que até fevereiro, todo o estoque já esteja normalizado e logo estarão todos abastecidos”, destaca Quiles.

A distribuição do lote recém-chegado também vai beneficiar as crianças e adolescentes da Rede Pública de Ensino, que devem obrigatoriamente ser vacinadas.  Mesmo quando ainda no desabastecimento, um agendamento prévio com uma declaração anexada à caderneta de vacinação garantiria o agendamento do estudante para receber a vacina, tão logo ela estivesse disponível.