O governador Gladson Cameli (Progressistas) está criando um gabinete de crise para enfrentar o crime organizado. Segundo sua assessoria, essa é uma das respostas que o Estado vai dar à população diante da insegurança provocada pela guerra entre as facções nos últimos dias. Foram 30 mortes nos primeiros dias de 2020. A atitude do governador atende, também, a reclamações das pessoas nas redes sociais.