Katiussi Melo para Agora Acre

Encontrar a conexão entre a arte e a nossa vida cotidiana requer uma análise apurada do trabalho artístico e exige também um esforço pessoal para sairmos da rotina do dia a dia para prestigiar um ‘evento’ ligado as artes.

Pensando nisso, o quadro de entrevista na modalidade de Live, denominado ‘Artista em Foco’, tem como finalidade mostrar os trabalhos dos artistas e levar a sociedade o conhecimento da cultura local.

Toda a semana um artista tem um espaço para falar do seu trabalho e levar ao conhecimento do público, seus sentimentos, a sua percepção de mundo, seja ela em uma pintura, uma peça de teatro, um livro, uma dança ou uma música. Buscando transpor nela, um significado especial para cada pessoa que a aprecia e que poderá transformar a realidade pessoal e social desta.

O artista em foco da semana é o cantor Kadu Oliveira. Seu último trabalho foi a gravação de um CD “Acústico”, de 2018, lançado na Casa 81 Gastrobar.

Carlos Eduardo Oliveira da Cruz (Kadu Oliveira), é cantor, compositor, escritor, com duas décadas de vivência no mundo artístico. Com CDs gravados (Manaus e Rio Branco), trajetória de apresentações em Casas Noturnas, Pub’s, Teatros, Bares e Restaurantes,

Com produção e direção artística de Edson do Valle, em seu Studio (Banda Carrapicho – Manaus), gravou um de seus discos, durante sua estadia na capital amazonense. Participou até a segunda fase do programa “Ídolos”, da Rede Record (Etapa Rio de Janeiro), onde após o progama, fez apresentações no Cariocando (Catete) e Acaso’s Bar (Lapa – RJ), onde adquiriu ainda mais experiência em seu currículo como artista, cantor e compositor, nesta etapa de estadia na capital fluminense.

Kadu fez tributos a grandes artistas brasileiros: Especial Tim Maia (2014, no Casarão), Tributo à Emílio Santiago (2015, no Café Com Poesia), Fábio Jr (2015, no JB Grill), Tributo à Milton Nascimento (2016, no Teatro de Arena do Sesc), além de trabalhos especiais, como no show “Soul Nacional”, em 2012 no Parque da Maternidade, e o show “Alma Brasileira”, em 2015, no Loft, ambos com pauta voltada ao estilo Soul e Black Music Nacional, e em 2019, o projeto “O Acre Tem Bossa”, realizado com apoio do Sesc, onde interpretou clássicos da Bossa Nova.

O cantor tem diversos trabalhos como Backing Vocal, feitos em Studio e Palco, como em Cd’s Gospel’s, e vocais de palco, como no “Reencontro Sam Brasil”, em 2017, e “DVD Samba Brothers” em 2019.

Os próximos projetos do artista visam o “Especial Guilherme Arantes”, o seu disco somente com canções inéditas, e um projeto “Pop Soul Sessions”, apenas com interpretações voltadas à este este estilo.

Assim é Kadu Oliveira, um artista em busca sempre de fazer seu som, com sua cara, seja interpretando, cantando suas composições, suas raízes, suas vertentes.

E o papel da arte é justamente o de instigar as pessoas a descobrirem o que cada trabalho artístico representa no seu cotidiano e como o artista retrata o significado dessa representação.