Jairo Barbosa para Agora Acre

Em carta redigida pelo por seu presidente, Júnior Leite, a Associação de Municípios do Amazonas, pediu ao Tribunal Superior Eleitoral, TSE, a unificação das eleições desse ano para 2022.
No documento, já protocolado na corte, os gestores alegam o desgaste e os gastos com a pandemia, e observam que não haverá condições de encarar uma campanha eleitoral pós pandemia.
Dos 62 prefeitos do estado, 90% assinaram o documento. O TSE ainda não se manifestou oficialmente sobre a data do pleito desse ano.