Um veterano da política acreana que anda perto do governador Gladson Cameli (Progressistas) disse ao Blog do Evandro Cordeiro que ele não tem alternativa, senão ganhar a prefeitura da capital. Mesmo que não ganhe na maioria dos municípios, mas na capital e Cruzeiro do Sul Cameli precisa entrar de sola, porque são prefeituras que decidirão seu futuro em 2022. Não importa, diz ele, que na capital ele apoie a prefeita Socorro Neri (PSB) ou que coloque em seu colo Tião Bocalom, do Progessistas, seu partido. Ele precisa é ganhar a capital. Em relação a prefeita Socorro, caso o governador ajude a reelege-la, é bobagem dizer que ele perderá o controle depois da eleição. Governo estadual é governo estadual, controla tudo. O problema é que Cameli arranja um problema sério em seu entorno, com os próprios correligionários progressistas. Ele tem que ser inteligente, diz o veterano, para sair desse cipoal sem arranhão.