O presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, não se manifestaram sobre a operaçao da Polícia Federal que teve como alvo o diretório estadual da legenda no Acre. A reportagem do AgoraAcre procurou a assessoria de Imprensa do PSOL para que o partido comentasse a operaçao “Agricultor”, na qual 16 mandados de busca e apreensão foram cumpridos contra membros da sigla. Ana Maria, assessora de imprensa do PSOL, disse que apesar das tentativas não conseguiu encontrar Medeiros para que desse sua versão sobre a ação policial. Na mesma conversa porém, a jornalista propôs enviar boletins diários sobre notícias do partido, o que pouco interessa nesse momento.