O engenheiro civil Tião Fonseca está deixando a direção do Depasa, o departamento do governo que cuida do saneamento básico, não sem antes deixar pronto ser iniciado, com verba aprovada em Brasília, um dos maiores projetos de saneamento do Acre. Além da revitalização do igarapé São Francisco, uma obra com valor superior a meio bilhão, maioria dos municípios vai ganhar novas estruturas de captação de água, além de esgotamento. Fonseca, enquanto esteve na direção do Depasa, esteve a maior parte do tempo em Brasília, organizado os projetos em vários ministérios e na Funasa, de onde também vem muito dinheiro para obras que devem ser iniciadas logo diminuam as infecções e mortes por coronavirus. Polêmico, como em toda vida, Tião sai da direção do Depasa satisfeito pelo que produziu, segundo diz ao blog do Evandro Cordeiro. “Não fiz mais, nem menos. Apenas fiz”, diz o engenheiro.